Segunda-feira, 2 de Março de 2009

TIMBUKTU

 

Mr. Bones é um cão de raça indefinida, mas de grande inteligência. Desde cachorro tem vivido com William Gurevitch, um vagabundo, um poeta errante, um excêntrico sobrevivente das revoluções dos anos sessenta. Juntos percorreram a América e sobreviveram aos duros invernos de Brooklyn. Agora, em Baltimore, depara-se-lhes aquela que será talvez a última aventura: William, que pressente a chegada da morte, tem de encontrar uma antiga professora sua, para lhe confiar os seus cadernos de poemas e o seu leal companheiro de tantos anos…



publicado por Miguel Seara às 09:00
link da entrada | comentar | favorito
3 comentários:
De Emília Loureiro a 17 de Março de 2009 às 00:00
Timbuktu foi das obras mais comoventes que já li. Não confundir com lamechice- a verdade é que chorei ao ler o livro. Mais curioso, o meu marido, que é médico, só costuma ler livros técnicos, mas, ficou curioso pela forma como devorei o romance. Chorou também e não dormiu enquanto não o acabou.
O último que li foi "Homem na Escuridão". Também nos prende, mas a emoção não se compara.


De Ana Machado a 17 de Fevereiro de 2010 às 12:46
Eu adorei este livro, simplesmente! É apaixonante... Não consegui parar de o ler até o terminar. Ainda hoje olho para a rua e quando vejo um cão pela rua, pergunto-me se será o Mr. Bones. Beijinhos e abraços"


De Carlos Manuel Lopes da Silva a 12 de Outubro de 2010 às 11:58
Concordo inteiramente com o que foi escrito nos 2 comentários anteriores.
Também eu chorei no final deste livro. Só me tinha acontecido com "Marley e Eu" mas considero que "Timbuktu" é superior ao primeiro.
A história é envolvente e não consegui parar de a ler até chegar ao fim.
Um livro delicioso e marcante.
O autor conseguiu definir bem os sentimentos deste tão nobre espécie que é o cão.
Acredito que parte das coisas que Paul Auster descreveu neste livro aconteça na realidade com os cães. De facto só lhes falta falar!


Comentar entrada

pesquisar

 




































































































arquivos

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Marcadores

todas as tags

links

Leitores

blogs SAPO

subscrever feeds